Economia Pessoal

Glossário para entender as taxas de juro

14 Agosto, 2019

Já ouviu falar de TAEG ou TANB mas não sabe o que significam? Com este Glossário vai ficar a conhecer as principais taxas de juro e em que situações são aplicadas, para assim poder analisar melhor os produtos financeiros que subscreve.


Taxas de juro: o que são?

A taxa de juro consiste, de uma forma simples, no custo da utilização do dinheiro, ou seja, trata-se do valor pago por alguém pela utilização que fez do dinheiro que lhe tinha sido cedido por outrem. Quando é feito um empréstimo, a pessoa fica obrigada a pagar uma taxa de juro por estar a utilizar dinheiro que era do banco. Neste caso, estamos perante a chamada taxa de juro ativa. Por outro lado, quando se opta por fazer um depósito ou uma conta poupança também se recebe juros, sendo que a entidade está a utilizar esse montante que não lhe pertence de forma a rentabilizá-lo. Aqui falamos de uma taxa de juro passiva.

Em qualquer caso, independentemente de estarmos a falar de um empréstimo ou de um depósito, existem três tipo de taxas de juro que estão presentes em ambas as operações: as taxas nominal, efetiva e real.

Ler Mais

A Taxa Anual Nominal (TAN) consiste no valor anual dos juros do produto que subscreveu, seja ele um crédito ou uma aplicação financeira. Esta taxa deve estar mencionada e explícita em todos os contratos, uma vez que é a base para calcular a prestação mensal. No caso específico dos créditos, a TAN mede apenas o custo do crédito, não incluindo outras despesas inerentes à contratação do mesmo, e corresponde à soma da Euribor e do spread. A TAN pode ainda apresentar-se sob duas outras formas: bruta – Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) – ou líquida – Taxa Anual Nominal Líquida (TANL) –, ambas bastante usadas no cálculo dos juros das aplicações financeiras.

A Taxa de Juro Efetiva é aplicada quando existe uma capitalização, ou seja, sempre que os juros são incorporados no capital inicial. A Taxa Anual Efetiva (TAE) é fundamental na comparação de créditos, sendo que diz respeito ao custo efetivo do mesmo, incluindo os juros e outros encargos que lhes estejam associados, nomeadamente comissões e seguros exigidos. Apenas ficam excluídos da TAE os encargos com os impostos associados ao crédito.

A Taxa de Juro Real é igual à TAN, mas é ajustada tendo em conta a inflação. Esta taxa é importante na medida em que é através dela que se torna possível calcular o poder de compra do dinheiro.

Quais as taxas de juro associadas aos depósitos e às contas poupança?

Os depósitos e as contas poupança são alguns dos produtos financeiros mais apetecíveis para quem quer poupar e investir algum do seu dinheiro. Mas sabe o que significa cada taxa de juro inerente a estes produtos, de forma a poder comparar e analisar qual a melhor opção para si? Quando falamos em depósitos e contas poupança, temos de conhecer pelo menos três taxas de juro: a Taxa Anual Nominal Bruta (TANB), a Taxa Anual Nominal Líquida (TANL) e a Taxa Anual Efetiva Líquida (TAEL).

A TANB surge sempre que se fala nos juros que se irá receber com determinado depósito a prazo. Esta taxa representa o valor que irá receber pela sua aplicação financeira, no período de um ano e sem a dedução do IRS, ou seja, a TANB consiste no lucro que irá ter com aquele investimento (ainda sem a dedução), daí ser fundamental para escolher qual o melhor investimento para si.

No entanto, como ainda não contabiliza a dedução do IRS, esta taxa não lhe dá o valor exato que irá receber com o seu investimento. Para isso deve olhar para a TANL, que é semelhante à TANB, mas contabiliza já essa dedução do IRS feita pelo banco, dando-lhe assim o valor final do seu investimento.

Outra taxa que deverá ter em conta é a TAEL, uma vez que ao ser uma taxa efetiva e não nominal, permite-lhe saber qual o valor que irá receber tendo em conta a periodicidade do pagamento de juros. Sendo esta uma taxa líquida, também conta já com a dedução do IRS. Por isso, a TAEL acaba por ser a taxa mais exata das três (no caso dos juros não serem anuais) para saber qual o seu lucro.

Que taxas de juro é preciso ter em conta ao pedir um crédito?

Ao subscrever um crédito, estará sempre sujeito ao pagamento de juros ao banco. No entanto, existem algumas taxas que deve ter em conta antes de tomar uma decisão, uma vez que terão impacto no valor final que terá de pagar. Para além da TAN e da TAE que já referimos anteriormente, outras taxas como a TAEG (Taxa Anual Efetiva Global), a Euribor e o Spread também devem ser analisadas antes de tomar uma decisão.

A TAEG é uma taxa de juro muito semelhante à TAE, uma vez que engloba as despesas de cobrança de reembolsos e pagamentos de juros, impostos, comissões e seguros obrigatórios, mas inclui ainda todos os outros custos que o banco impõe na contratação do crédito. Esta taxa é fundamental para poder escolher com maior rigor qual o crédito mais adequado às suas necessidades, sendo que reflete o seu custo total.

Se estiver a pensar adquirir um crédito à habitação, a Euribor e o Spread são duas taxas de juro bastante importantes e que deve ter em consideração. Um dos elementos do cálculo da taxa de juro do crédito à habitação é o indexante, ou seja, a taxa de juro de referência, que geralmente corresponde à Euribor (European Interbank Offered Rate).

A Euribor é então a taxa de referência do Mercado Monetário Interbancário e resulta da média das cotações fornecidas por um conjunto de bancos europeus. Como as taxas de juro do crédito à habitação são indexadas à Euribor, o valor que terá a pagar de juros estará dependente da variação desta taxa. O outro componente a ter em conta neste cálculo é o Spread, uma taxa que o banco impõe aos clientes e que consiste no lucro que a instituição irá receber com este empréstimo. O spread é definido livremente pela entidade, tendo em conta o risco de crédito do cliente, o rácio entre o valor do empréstimo e o valor do imóvel (loan-to-value) e o seu custo de financiamento. Esta taxa é particularmente importante porque será ela a fazer diferença no custo final do crédito à habitação de banco para banco.

Ler Menos