Cultura e lazer

Cinco ilhas paradisíacas para descobrir

25 Julho, 2019

A preparar a sua próxima viagem? Se procura verdadeiros paraísos na terra, mas quer evitar lugares repletos de turistas, sugerimos-lhe cinco ilhas paradisíacas pouco exploradas que não ficam nada atrás das mais conhecidas.


Ilhas Cíes: as Ilhas dos Deuses ao largo da Galiza

As Ilhas Cíes, ou “Ilhas dos Deuses” como eram chamadas pelos romanos, são um arquipélago composto por três ilhas – Monteagudo, Faro e San Martino – que ficam ao largo de Vigo, em Espanha. Conhecidas pelas suas praias paradisíacas e por terem a praia “mais bonita do mundo” segundo o The Guardian, estas ilhas são verdadeiros paraísos desertos e em estado puro onde não habita ninguém.

Ler Mais

Para além de praias paradisíacas, como a das Rodas, a de Figueiras ou as de Bolos e Nossa Senhora, o arquipélago de Cíes também é bastante conhecido pelos incríveis percursos de trekking, as maravilhosas e raras espécies de fauna e flora, assim como a possibilidade de observar as estrelas sem qualquer poluição. As ilhas Cíes pertencem ao Parque Nacional Marítimo e Terrestre das Ilhas Atlânticas da Galiza e são consideradas, desde 2002, um dos maiores exemplos dos ecossistemas das costas e fundos marinhos atlânticos espanhóis.

Estas ilhas podem ser visitadas por 2.200 pessoas por dia, mediante a apresentação de uma autorização prévia, que pode adquirir num site oficial da Junta da Galiza. Nenhuma destas ilhas possui qualquer estabelecimento hoteleiro, pelo que a única forma de pernoitar na ilha será se optar pelo parque de campismo. As visitas às ilhas Cíes só são permitidas de junho a setembro, nos fins de semana de maio, nos dois primeiros fins de semana de outubro e na Semana Santa. O ferry que faz a ligação pode ser apanhado em Vigo, Baiona ou Cangas.

Fernando Noronha: a pérola do Brasil

Fernando Noronha é um arquipélago do estado de Pernambuco, no Brasil, bastante conhecido pelas suas praias paradisíacas e pela paisagem natural em que está inserido, sendo, desde 2001, Património Mundial Natural. Estas ilhas são também muito famosas no meio dos desportos aquáticos, como o surf ou o mergulho. A Baía do Sancho, em Fernando Noronha, já foi considerada por diversas vezes pelo TripAdvisor como a “melhor praia do mundo”. Uma visita às praias da Conceição, do Leão, do Cachorro e do Meio e à Baía dos Porcos também não poderá faltar na sua passagem pela ilha. Se gostar de praticar surf, não pode perder as incríveis ondas da praia da Cacimba do Padre.

Para além do extenso areal e das águas transparentes, estas ilhas oferecem-lhe a oportunidade de estar com a natureza no seu estado mais puro, uma vez que poderá conviver e nadar com golfinhos, tartarugas e muitas outras espécies. Durante a sua estadia em Fernando Noronha poderá, por exemplo, mergulhar nas piscinas naturais da Atalaia, local que funciona como berçário de peixes e corais.

Ilha de Vieques: o tesouro escondido do Caribe

Ainda pouco explorada e conhecida – até há poucos anos estava a ser utilizada exclusivamente para fins militares pelo governo dos EUA – a Ilha de Vieques, em Porto Rico (EUA), é considerada o tesouro escondido do Caribe. Como o turismo de massas ainda não chegou a estes lados, ainda é possível conhecer esta ilha paradisíaca no seu estado mais puro.

Com praias e áreas de vegetação praticamente inexploradas, a ilha está repleta de vida selvagem e são várias as espécies que poderá ficar a conhecer e observar. As praias de água quente e transparente e o clima tropical fazem de Vieques a típica ilha paradisíaca das Caraíbas e um verdadeiro paraíso para descobrir. Outra das grandes atrações da Ilha de Vieques é a Bioluminescent Mosquito Bay, a mais brilhante baía florescente do mundo, que conta com uma imensidão de microrganismos bioluminescentes que, quando perturbados, brilham e transformam esta baía num lugar fascinante.

Ilhas Scilly: as ilhas tropicais do Reino Unido

Provavelmente não imaginava que o Reino Unido pudesse ter ilhas tropicais, mas é verdade! O arquipélago das Ilhas Scilly situa-se a cerca de 28km a sul da Cornualha, mesmo no meio da quente corrente do Golfo. Composto por 5 ilhas habitadas e muitas outras completamente selvagens, este arquipélago beneficia da sua localização para oferecer aos seus visitantes um clima tipicamente tropical e bastante distinto do do continente, assim como uma rica e surpreendente fauna e flora.

Nas várias ilhas vai poder descobrir amplas e bonitas praias e enseadas, onde poderá desfrutar do sossego e beleza desta paisagem selvagem. Para além das praias, outra das grandes atrações das Scilly é o magnífico Tresco Abbey Garden, em Tresco, a segunda maior ilha do arquipélago, um espaço ao ar livre onde pode passear entre árvores, plantas e flores tropicais e desfrutar dos magníficos jardins com exuberantes combinações de cores. Plantas exóticas e videiras que sobem por arcos em ruínas e palmeiras sobre terraços que se abrem para o mar completam a paisagem de sonho.

Ilha de São Jorge: um paraíso português por descobrir

Embora não possua as incríveis praias paradisíacas que habitualmente imaginamos, não podemos deixar de considerar a Ilha de São Jorge, nos Açores, um verdadeiro paraíso pronto a ser descoberto. As suas cerca de 80 fajãs com uma paisagem natural intocada e bastante diversificada são uma das principais atrações desta ilha.  A Fajã dos Cubres é uma das mais famosas pela sua invejável paisagem, com o mar de um lado e a montanha do outro, mas sobretudo pela Lagoa dos Cubres, uma zona privilegiada para a observação de aves marinhas e migratórias. A variedade da fauna e da flora local é um dos motivos principais de atração de turistas, seduzidos pela tranquilidade de um lugar ainda pouco explorado.

Para além das paisagens de beleza incomparável, São Jorge é também já conhecida pelos seus trilhos e passeios pedestres, onde poderá aproveitar para observar e desfrutar da rica biodiversidade da ilha. Estes percursos levam-no a conhecer o lado mais selvagem e o interior de São Jorge, assim como alguns marcos históricos e importantes da história da ilha. Não perca também a oportunidade de poder conhecer a única plantação de café da Europa, na Fajã dos Vimes. Não pode sair da ilha sem provar o queijo de São Jorge e as amêijoas gigantes da Lagoa da Caldeira de Santo Cristo, duas das mais famosas iguarias desta região. 

Ler Menos