Cultura e lazer

Cinco dos melhores passadiços a visitar em Portugal

11 Março, 2019

A pensar em quem procura uma experiência relaxante, no meio das dunas, das montanhas ou até da praia, selecionámos os cinco melhores passadiços de norte a sul do país.


Passadiço do Sistelo

Se gosta de passear ou fazer caminhadas, o passadiço do Sistelo vai deixá-lo sem fôlego. E porquê? Ora, porque tem cerca de 10 quilómetros de extensão e é uma excelente opção para quem é adepto de longas caminhadas.

Situado no Parque Nacional da Peneda-Gerês, na região de Arco de Valdevez, prolonga-se até às margens do rio Covo, Alhal e Cerradinha. Este é um local que poderá percorrer entre lagos, socalcos verdes, floresta densa e inúmeros marcos históricos.

Ler Mais

Além disso, pode sempre fazer uma pausa no passeio para visitar alguns pontos turísticos como o castelo da aldeia de Sistelo, conhecida por fazer parte da Reserva Mundial da Biosfera e por ter sido uma das aldeias vencedoras no concurso das sete maravilhas de Portugal. Mas não é tudo! Poderá ainda visitar o moinho, diversas pontes medievais ou romanas e também as capelas de Santo António, São João Evangelista, Senhora dos Remédios e Senhora do Carmo. De seguida, sugerimos que faça um piquenique pelo Parque de Merendas de Sistelo e aprecie a beleza da foz do vez e os miradouros.

Lembre-se que a caminhada pode durar cerca de quatro horas, entre descidas e subidas acentuadas, por isso aproveite para admirar as pequenas cascatas, a água pura ou até os animais que se encontram nas ruas da aldeia. Acredite, todas as paisagens desta zona do Gerês são de cortar a respiração!

Passadiço do Paiva

Os passadiços do Paiva são os mais conhecidos do país, não só pela sua arquitetura arrojada, mas também pela sua localização, tamanho e muitos outros fatores que os tornam num local de passagem obrigatória se pretende conhecer os melhores passadiços de Portugal. E os prémios que somam falam por si!

Foram distinguidos pelos World Travel Awards como Melhor Projeto de Desenvolvimento Turístico Mundial, em 2016, e passados dois anos foram reconhecidos como “Melhor Projeto Europeu de Desenvolvimento Turístico e Melhor Atração de Turismo de Aventura do Mundo 2018”.

No caso de precisar de ajuda antes de se fazer à estrada, saiba que Aveiro deve ser a sua principal referência, indo pela A1 até chegar a Arouca. Esta construção de madeira localiza-se no interior do Arouca Geopark, na margem esquerda do Rio Paiva e tem cerca de 8,7 quilómetros de extensão, por isso, se gosta de fazer grandes caminhadas, faça o percurso de ida e volta e percorra os 17 quilómetros.

Ao longo dos passadiços do Paiva irá deparar-se com paisagens deslumbrantes, desde as descidas das águas bravas, cristais de quartzo ou até espécies em vias de extinção na Europa. Garantimos que irá surpreender-se também com a beleza das praias fluviais que atravessam este passadiço, nomeadamente a Areinho, Espiunca e Vau.

A visita dá-lhe ainda a possibilidade de conhecer aldeias tradicionais da região, estações de biodiversidade, uma rota de geossítios, museus e unidades interpretativas. E, por último, não se esqueça que este ano será inaugurada a ponte envidraçada dos passadiços do Paiva, suspensa a 150 metros de altura junto ao geossítio da cascata de Aguieiras – a “maior e mais bonita da Europa”. Está a pensar marcar as suas férias? Então aproveite esta oportunidade e reserve o seu lugar!

Passadiço de Fiães

Se está a planear um dia em família, esta é uma excelente opção a considerar já que o trajeto não é muito longo – tem apenas quatro quilómetros –  e tem uma zona para poder merendar.

O passadiço de Fiães está dentro do Parque das Ribeiras do rio Ulíma, em Santa Maria de Feira, e durante o passeio poderá ter duas experiências em simultâneo: desfrutar da vista sobre a cidade, composta por uma vegetação exuberante, e também conhecer as cascatas, os canais de água, campos de regadio e uma enorme variedade de aves.

Apesar de este passadiço ser conhecido por ter muitas curvas e contracurvas, tem a vantagem de ter várias sombras onde pode descansar ou até deixar-se seduzir pela paisagem que observa ao seu redor. Para continuar o passeio, sugerimos que dê um salto pela Invicta ou por Aveiro, a cidade dos ovos moles.

Passadiço do Osso da Baleia

No caso de preferir passeios à beira-mar, esta será definitivamente a sua escolha e não fosse esta uma das praias mais bonitas de Portugal! A praia e o passadiço partilham o mesmo nome, que curiosamente está relacionado com um esqueleto de baleia que deu à costa na região de Pombal no início do século XX.

O melhor desta praia, para além da bandeira azul, é mesmo o passadiço onde pode correr e desfrutar da natureza. É a praia perfeita para fazer mergulho, mas prepare-se para as águas frias e agitadas. O passadiço do Osso da Baleia foi construído com o intuito de proteger as dunas e a vegetação, por isso se gostar de aventura este é o local indicado para fazer BTT.

Passadiço do Alvor

No sul do país encontrará o passadiço do Alvor, em Portimão, que conta com seis quilómetros e liga a praia dos Três Irmãos à Ria de Alvor sobre as dunas, sendo por isso o maior passadiço pedonal do Algarve.

Além disso, o passadiço do Alvor tem excelentes acessos para outras praias e o areal é grande, o que torna o passeio verdadeiramente agradável. Está a pensar ir a Portimão este ano? Então não se esqueça de visitar este lugar, pois garantimos que irá render-se à beleza das praias da região, bem como à riqueza natural da Ria.

 

Ler Menos