Economia Pessoal

Como escolher o sítio perfeito para o copo-de-água

19 Setembro, 2018

Indeciso entre fazer o copo-de-água numa quinta, num hotel ou até na praia? Com tantas opções no mercado, o importante é que o lugar escolhido reflita a personalidade dos noivos.


O tipo de casamento dita o lugar

Antes de mais, para escolher o lugar perfeito para o copo-de-água, é preciso definir que tipo de casamento os noivos pretendem ter. Se sonham, por exemplo, com uma celebração ao ar-livre, uma quinta pode ser a melhor opção para o copo-de-água, mas se por outro lado preferirem casar na cidade, um hotel pode ser a solução mais adequada. Tudo depende do estilo e personalidade do casal. E claro, do orçamento disponível!

Para quem vai casar na cidade

Ler Mais

Se o casamento for celebrado na igreja de uma grande cidade, pode dar-se continuidade à festa do copo-de-água num hotel ou salão de festa, os locais ideais para casais mais citadinos e urbanos. Este tipo de espaços têm uma grande vantagem: eliminam a preocupação com o estado do tempo porque são sítios fechados, e melhor ainda, climatizados! Caso os noivos queiram realizar uma cerimónia civil num hotel, podem optar por fazer o copo-de-água no mesmo lugar, evitando as típicas deslocações entre o local da cerimónia e do copo-de-água. O hotel tem ainda a facilidade de poder alojar os convidados do casamento que tenham vindo de longe.

Para quem vai casar numa quinta

As quintas estão na moda, sendo o espaço de eleição para a maioria dos noivos. Até porque são um 2 em 1: são ideais para realizar tanto o casamento como o copo-de-água. Mas há alguns detalhes que deve ter em atenção. Primeiro, tenha em conta que é provável que tenha de se afastar mais dos centros urbanos para encontrar uma quinta grande e até a um preço mais simpático. Depois, não se esqueça de verificar se a quinta já tem um espaço fechado próprio para sentar os convidados ou se terão que optar por colocar uma tenda, o que pode envolver mais custos. As quintas são a cara de casais que gostam de ambientes mais rurais, naturais e ao mesmo tempo sofisticados.

No que diz respeito à decoração, esta fica ao critério dos noivos, sendo que há quintas que já disponibilizam esse tipo de serviço em conjunto com o catering. E dizemos-lhe mais. Na escolha da quinta o fator clima pode ter bastante importância, porque se o casal quiser fazer fotografias no exterior é preferível que esteja um dia bonito e agradável. Como tal, aconselha-se a escolher meses mais ensolarados e com temperaturas mais agradáveis como é comum por altura da Primavera e do Verão. Como o piso de uma quinta, regra geral, é diferente do de um hotel, é importante informar os convidados para que possam escolher o calçado mais adequado.

Para quem vai casar na praia

Os casamentos na praia são a opção perfeita para um casal mais descontraído e que prima pela simplicidade, sobretudo no que toca ao dress code. No entanto, é preciso ter em conta que este tipo de cerimónia é mais adequado para um casamento pequeno (até 50 pessoas), devido a toda a logística envolvida. Além disso, não se esqueça que se não realizar o casamento civil no espaço privado de uma concessão, terá que pedir uma licença à Capitania Regional, o que nem sempre é tarefa fácil.

Quanto ao copo-de-água, os noivos têm duas opções em vista: fazê-lo diretamente na praia ou então num restaurante – ou outro espaço fechado – que esteja por perto, onde podem negociar o catering e a decoração. Na praia, o ideal é que a refeição seja tipo buffet, pois não poderão comer sentados em mesas. A refeição deve ser leve e fresca, a condizer com o ambiente, e para que todos os convidados se sintam confortáveis durante o copo-de-água, convém pensar em puffs, sofás, estruturas de sombra e uma zona com bebidas frescas.

Como é natural, o clima é determinante num casamento e copo-de-água na praia. É aconselhável escolher uma data pelo final da primavera ou o início do verão, quando o calor ainda não é abrasador, mas o tempo está mais estável. Isto é importante sobretudo se forem ao casamento pessoas com mais idade ou crianças.

Copo-de-água: sítios alternativos  

 Se um casal está decidido em realizar o copo-de-água num sítio diferente dos que aqui apresentámos, também é possível. Alugar um bar, uma casa, o topo de um edifício ou hotel, por exemplo, podem ser boas opções para casamentos mais alternativos. Em todos os casos, o primeiro passo é entrar em contacto com os proprietários e perceberem se se adequa ao tipo de evento que aí querem realizar. Uma vez mais, o que é preciso ter em conta é, sobretudo, o número de convidados e o orçamento disponível para todos os serviços que terão de contratar.

Ler Menos