Economia Pessoal

Cadeirinha auto: Como escolher a melhor para o bebé?

11 Abril, 2018

Entre as inúmeras coisas em que os futuros papás têm de pensar está a escolha da cadeirinha de bebé. São precisas comprar quantas até deixar de ser necessário? O peso, a altura e a idade do bebé importam? E como se sabe se a cadeira é adequada ao tipo de carro?


Quantas cadeirinhas de bebé terá de comprar até deixar de ser preciso?

 As cadeirinhas de bebé são obrigatórias por lei e obedecem a normas de segurança internacionais que atestam a sua segurança. Sim, antes de serem comercializadas no mercado tiveram de ser submetidas a testes rigorosos e, claro, passar. Assim, independentemente da marca e modelo que escolher todas estão aptas para proteger ao máximo os mais pequenos.

Mas quantas cadeirinhas de bebé é que precisará de comprar até que a sua criança possa andar no banco de trás sem este equipamento? De acordo com a DECO, terá de adquirir pelo menos duas, uma dos grupos 0 ou 0+, e outra do grupo 1/2/3. A primeira pode ser utilizada até a criança ter 13 Kg e por norma os futuros pais optam por comprar o chamado ovo que pode ser adquirido em conjunto com o carrinho de bebé.

Quando a criança estiver perto dos 9 Kg, pode ir pensando em comprar uma nova cadeira. Por exemplo, as do grupo 1/2/3 podem ser utilizadas até a criança ter 12 anos, 36 Kg e 1 metro e meio sem qualquer problema. Contudo, por motivos de desgaste do material e de segurança, a Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores ressalva que talvez seja melhor comprar também uma cadeira intermédia – dos 9 aos 18 kg -, até porque se adaptam melhor ao corpo da criança.

Quais as cadeirinhas de bebé mais indicadas para cada grupo?

Ler Mais

Se estiver à procura de uma cadeirinha de bebé para o seu recém-nascido (grupo 0), saiba que as mais indicadas são as portáteis género ovo, com ou sem base. Estas cadeiras auto permitem que o bebé viaje semissentado, bem aconchegado, confortável e acima de tudo seguro. Instale-as no banco de trás e viradas de costas. Se considerar a compra de um assento que combine o Grupo 0 e 1, este poderá servir até aos 4 anos: poupa dinheiro, mas perde espaço no carro.

As cadeiras de apoio são mais indicadas para o Grupo 2, uma vez que permitem que o cinto de segurança segure a criança e a cadeira ao mesmo tempo. E damos-lhe uma dica: se comprar um modelo com costas destacáveis pode usar a cadeira até aos 12 anos. Por volta dos 8, 9 anos recomendam-se os bancos elevatórios porque a criança já pode viajar só com o banco e o cinto de segurança. Isto se o carro tiver apoio de cabeça.

A cadeira de bebé deve estar virada para trás até que idade?

O transporte de crianças com a cadeirinha virada de costas no carro é obrigatório até aos 15 meses de idade. Porquê? A Associação para a Promoção da Segurança Infantil esclarece que essa é a forma de transporte que “garante uma maior proteção à cabeça, pescoço e coluna do menor”. E não tenha pressa em voltar o bebé para a frente – tenha só atenção ao crescimento das pernas – porque é mesmo a forma mais segura para transportar a sua criança.

Opte por uma cadeirinha de bebé com homologação universal

A adaptabilidade de uma cadeirinha de bebé a um automóvel é defenida por três tipos de homologação: universal, semi-universal e veículo específico. E é exatamente pela homologação universal – não específica para um determinado veículo – que deve optar porque isso significa que a cadeira está preparada para ser instalada em todos os automóveis. Antes de comprar, a DECO recomenda que experimente cadeirinha de bebé no seu automóvel e com a criança a bordo.

Cadeirinha de bebé com sistema isofix: sim ou não? 

Qual é a grande diferença entre uma cadeirinha de bebé que tem sistema Isofix e as que não o têm? Ora, as cadeirinhas de bebé que não têm sistema Isofix são fixadas ao banco do carro com o cinto de segurança e as que têm sistema Isofix compreendem dois pontos de engate metálicos rígidos entre as costas e o assento do banco da viatura, sem ser necessário o uso do cinto de segurança.

Assim, o sistema Isofix facilita a instalação da cadeirinha e minimiza o risco de utilização incorreta, reforçando a segurança do bebé. Contudo, há uma contrapartida que envolve a compatibilidade da cadeira e o seu automóvel atual. É preciso que o seu automóvel venha preparado de fábrica com o sistema Isofix para que possa utilizar as cadeirinhas com o mesmo sistema – o que só acontece nos carros mais recentes.

Consultou o manual de instruções do seu automóvel e verificou que não está preparado para cadeirinhas Isofix? Não há razão para alarme nem para ir a correr comprar um carro novo, porque qualquer cadeirinha de bebé homologada à venda no mercado – seja qual for a norma ou mecanismo de fixação – cumpre as regras internacionais de segurança.

Como saber se a cadeirinha de bebé está bem instalada?

Depois de ter verificado se a cadeirinha de bebé que comprou é compatível com o seu automóvel, chegou a hora de experimentá-la. Por esta altura, recomenda a DECO, siga as instruções para saber se tudo ficou bem instalado e confirme se o sistema fica estável e encaixa bem no assento do carro, tanto a nível da base como das costas da cadeira, que devem apoiar-se em toda a altura nas costas do banco do carro.

E muita atenção! Há pessoas que colocam mantas ou cobertores por debaixo da cadeirinha de bebé com o objetivo de proteger os estofos do carro, mas a DECO desanconselha vivamente que o faça já que isso afeta a estabilidade da cadeira, diminuindo assim a segurança do seu bebé. Resumindo: uma boa escolha e uma instalação correta podem salvar vidas.

Caderinhas de bebé i-Size: O que são?

Se está à procura de cadeirinhas auto para o seu bebé, provavelmente já reparou que algumas têm em conta a altura e o peso máximo da criança, em vez de estarem divididas pelos tradicionais grupos 0, 0+, 1/2/3. Estamos a falar das cadeirinhas i-Size, homologadas por uma nova norma em vigor desde 2013. Este tipo de homologação surgiu com o objetivo de simplificar o processo de escolha e utilização das cadeirinhas de bebé, tornando-as mais universais e fáceis de utilizar, mas não substitui a regulamentação anterior.

Mas qual é a diferença destas cadeirinhas? Basicamente, as cadeiras i-Size obrigam ao transporte das crianças de costas até aos 15 meses de idade, têm de passar testes mais exigentes (em particular no caso da colisão lateral com a intrusão de uma porta no interior de veículo) e têm todas sistema Isofix.

E ao contrário do que acontece com as cadeiras de bebé categorizadas de acordo com o peso, que podem ser universais, semi-universais ou específicas para alguns veículos, nas cadeirinhas de bebé i-Size estas designações deixam de existir e o que é preciso ter em conta é a dimensão da cadeirinha e do assento do automóvel para que se adaptem perfeitamente. Ou seja, só tem de verificar se o carro tem Isofix e se os bancos têm as medidas necessárias para receber a cadeirinha.

O que dizem os testes da DECO às cadeirinhas auto

Neste momento já sabe muita coisa: quantas cadeirinhas de bebé precisa de comprar, que tipos de cadeirinhas de bebé existem no mercado e também já está a par das questões importantes relativas à segurança e instalação da cadeira no automóvel. No entanto é natural que ainda haja dúvidas. Sendo assim aconselhamos que se consulte o estudo efetuado pela DECO sobre esta matéria, no qual foram testados vários modelos e marcas.

Ler Menos