Cultura e lazer

Bares de gin em Lisboa e Porto: um guia essencial

24 Março, 2017

É um verdadeiro amante de gin? Conheça os melhores bares para desfrutar da sua bebida preferida em Lisboa e no Porto!


Le Chat: Gin com vista sobre o Tejo (Lisboa)

O Le Chat, em Santos convida-o a fazer um intervalo durante qualquer dia da semana e a dar um “twist” à sua rotina com uma bastante razoável seleção de gins que são servidos com diferentes – e muito interessantes – roupagens! E talvez entre o almoço, um cocktail e um petisco, quem sabe se não fica ainda para o jantar.

17º Restaurante & Bar: brindar nas alturas (Porto)

A cidade Invicta tem uma proposta irrecusável para um final de dia, de semana ou até mesmo de fim de semana. Vá até à esplanada panorâmica do 17º Restaurante & Bar e namore ao som de boa música uma carta que tem 16 gins à sua escolha que vão desde o Nao, ao Plymouth, Tanqueray, Gin Vine, Bombay, Bulldog ao Beefeater e muito mais. E, como não podia deixar de ser, há bons aperitivos a acompanhar. A nossa sugestão? Prove o ceviche de tamboril, os rolinhos de salmão com mousse de ovas e os croquetes de alheira!

Gin e Jazz é na Matiz Pombalina (Lisboa)

Ler Mais

Num antigo edifício pombalino, em Lisboa, ouve-se jazz, bossa nova ou soul até mais tarde, sempre na boa companhia de um gin. No Matiz Pombalina vai sentir-se surpreendido pelo ambiente elegante e clássico, pela grande oferta, e sobretudo, pela experiência de degustação que o espaço quer levar até si. Aqui, de terça a sábado, há uma seleção de nove dos melhores Gins Premium do mundo que se fazem acompanhar de originais petiscos.

The Gin House: com ou sem sushi a acompanhar? (Porto)

O The Gin House ganha vida no número 70 da Rua Cândido dos Reis para aqueles que procuram descobrir como é a verdadeira experiência de beber gin. Para tal, este lugar conta com mais de 100 referências: entre os secos, aromáticos, frescos, doces ou frutados, você é que escolhe. No entanto, já sabe que nunca ficará mal servido com o famoso Hendrick’s com pepino e pétalas de rosa! Além disso, a decoração cosmopolita, a sala para dar um pezinho de dança e a esplanada aberta para a cidade do Porto não o vão desiludir!

Mas não ficamos por aqui. Se para além do gin for um apaixonado por sushi, o Sushihana & The Gin House, nas Galerias de Paris, combina na perfeição estes dois amores. A filosofia do espaço consiste em proporcionar-lhe uma pequena viagem gastronómica de segunda a sábado. E uma coisa é certa: os makis, tempuras, temakis ou uramakis nunca mais lhe vão saber igual sem um gin a acompanhar!

Os Gin Lovers estão no Príncipe Real (Lisboa)

A ideia de ter um espaço 100% de gin nasceu da cabeça de um eterno sonhador, Carlos Alves, ele próprio um verdadeiro amante de gin. Desde 2015 que o Gin Lovers, instalado no edifício Embaixada, no Príncipe Real, é ponto de encontro obrigatório para os apreciadores desta bebida. Aqui pode juntar às opções mais clássicas, aos tónicos de assinatura e aos cocktails com gin os petiscos criados pelo Chef Miguel Castro e Silva. Ocasionalmente também se fazem workshops para os mais curiosos e interessados em aprender mais sobre a sua bebida favorita, festas temáticas e eventos.

No Paparico vão apaparicar-lhe a alma (Porto)

Na cidade do Porto, mais precisamente na Rua de Costa Cabral, encontra um lugar que só abre portas de terça a sábado entre as 19h30 e as 23h. Estamos a falar do Paparico, um restaurante de cozinha tradicional portuguesa, com um ambiente bastante acolhedor e que pelo meio tem um bar muito especial: é lá que habitam regularmente, nas suas duas salas decoradas com alfaias agrícolas, 60 variedades de gin que servem de base a apetecíveis cocktails.

Lisbonita: o lugar onde só há gin (Lisboa)

Aberto sempre até às duas da manhã, o Lisbonita, na Sé, é um lugar de referência para os verdadeiros amantes de gin. Isto porque têm, nada mais, nada menos que 80 marcas diferentes de gin e esta é mesmo a única bebida que servem! Se por acaso gosta de adicionar ao seu gin algo exótico como especiarias, ervas, citrinos, frutas ou flores, então podemos mesmo dizer que veio ao sítio certo.

Ler Menos