Cultura e lazer

7 séries a não perder em 2017

9 Janeiro, 2017

Algumas das séries mais aclamadas – e algumas novidades – já têm novas temporadas confirmadas para 2017. Saiba o que não pode perder!


House of Cards: Poder, corrupção, ambição

house_of_cardsSe é fã de dramas políticos intensos, muito provavelmente não perde um episódio de House of Cards, a série que junta os atores Kevin Spacey e Robin Wright. E em 2017 vai poder continuar a acompanhar este enredo cheio de emoções fortes, com a estreia de quinta temporada.

Se ainda não segue esta série premiada, ainda vai a tempo de recuperar as quatro primeiras temporadas. A história começa quando o congressista democrata Francis Underwood (Kevin Spacey) se apercebe que após assegurar a eleição do Presidente Garrett Walker já não será nomeado Secretário de Estado. Movido pela ambição e sede de poder, o político decide vingar-se, com a ajuda da mulher (Robin Wright), de todos daqueles que um dia se atreveram a traí-los.

A série de Beau Willimon é um sucesso no pequeno ecrã. Como prova conta já com vários prémios, nomeações e já arrecadou dois Globos de Ouro. Sim, a atriz Robin Wright ganhou a estatueta de Melhor Atriz em 2014 e no ano seguinte foi a vez do seu companheiro de série, Kevin Spacey, na mesma categoria.

Mr. Robot: Realidade ou Ficção?

mr-robotLembra-se do ciberataque ao site Ashley Madison ou à Sony? Então saiba que é esta relação realidade/ficção que serve de base a Mr. Robot. Na série, o personagem Elliot Alderson (Rami Malek) tem uma vida dupla: de dia é um engenheiro de ciber-segurança e à noite um hacker. Em conjunto com o misterioso Mr. Robot, protagonizado por Christian Slater, os dois levarão a cabo um ataque informático nos Estados Unidos através do grupo anónimo FSociety. A aclamada série de Sam Esmail conta já com um Globo de Ouro e aguarda uma terceira temporada em 2017.

American Crime Story: grandes julgamentos no pequeno ecrã

american_crime_storyAmerican Crime Story gira sempre em torno de um caso de crime mediático e tem um novo protagonista a cada temporada. Em 2016 foi a vez de O Caso de O.J: em 10 episódios, a série convida-o a assistir ao “julgamento do século”, em que uma das estrelas mais amadas da NFL, O.J. Simpson, se torna o principal suspeito do esfaqueamento da ex-mulher e de um amigo dela.

A forma como esta história verídica foi contada no pequeno ecrã, e toda a atenção ao detalhe que revela, fez da série um sucesso e deixa grandes expetativas para o que aí vem. A próxima temporada, a estrear em 2017, vai centrar-se no macabro assassinato de Gianni Versace, o rei da alta-costura italiana.

Narcos: a história verídica de Pablo Escobar

Ler Mais

narcosOs amantes das histórias verídicas também não podem perder Narcos, cuja terceira temporada tem estreia marcada para 2017. Na série, o ator Wagner Moura traz ao presente a história incrível e real de Pablo Escobar, o maior barão de droga alguma vez conhecido.

O colombiano tinha uma fortuna avaliada em 30 mil milhões de dólares e reza a lenda que gastava 2.500 dólares por mês em elásticos para organizar as suas notas em delicados montinhos! Além disso, nesta produção da Netflix, conseguirá perceber como se deu a propagação da cocaína por todo o mundo e os esforços da polícia para travar Pablo Escobar a todo o custo.

The Young Pope: uma revolução no Vaticano

young_popeIrreverente, polémico e libertador. É assim que Jude Law se apresenta aos 43 anos na pele de Lenny Belardo, em The Young Pope. O ator dá vida e alma ao Papa Pio XIII que, além de ser o primeiro Sumo Pontífice americano e o mais jovem de sempre a liderar a Igreja Católica, é conhecido por fugir claramente ao status quo ao fumar cigarros, andar de havaianas, beber coca-cola zero com sabor a cereja e café de saco americano.

E não só. A série mostra um representante máximo da igreja católica que promete virar o Vaticano do avesso com ideias muito diferentes, e conta com outros nomes bem sonantes como Diane Keaton, Silvio Orlando, Scott Shepherd e Cécile de France no elenco.

Mais motivos para ver? E se lhe disséssemos que esta série televisiva italiana de Paolo Sorrentino é a mais cara de sempre – contou com um orçamento de 41 milhões de euros – e que mesmo antes de estrear já tinha uma segunda temporada garantida para 2017?

Billions: um jogo do gato e do rato em Wall Street

billionsO guionista Andrew Sorkin leva-o durante uma temporada inteira e precisamente 12 episódios a conhecer o personagem Bobby “Axe” Axelrod: um corretor de Wall Street que construiu a sua fortuna do zero, ambicioso, manipulador, sem problemas de consciência, e que é responsável por fundos de capital de risco. E tudo lhe correria de feição se não fosse o imbatível procurador Chuck Rhoades, para pôr um travão aos seus planos não tão idóneos.

Billions é um verdadeiro jogo do gato e do rato, entre dois homens completamente distintos, e que os fãs de Segurança Nacional, e sobretudo da personagem do Nicholas Brody (Axelrod), não vão querer perder! A segunda temporada já está agendada para 2017.

Sun Records: a história dos grandes do rock ‘n’ roll

elvisNos Estados Unidos a série tem data de estreia marcada para 23 de fevereiro de 2017, mas ao que tudo indica a espera vai valer a pena, sobretudo para os amantes de música. Sun Records vai contar a história do início de carreira de músicos que marcaram várias gerações. Falamos nomeadamente de estrelas do rock ‘n’ roll como Elvis Presley, Johnny Cash e Jerry Lee Lewis.

Entre outros, a série assinala o momento mágico em que estes três artistas se cruzaram numa jam session inacreditável na editora que tinham em comum, a Sun Records. O desafio ficou nas mãos dos atores Drake Milligan, Kevin Fonteyne e Christian Lees, respetivamente, que não conseguiram resistir a este enredo único.

Ler Menos