Economia Pessoal

As melhores soluções de aquecimento para a sua casa

6 Dezembro, 2016

Ar condicionado, aquecedor, lareira? Saiba como manter a casa quente no inverno sem surpresas no orçamento.


Poupança é com o ar condicionado

Além de ser a forma mais cómoda de aquecer ou arrefecer uma divisão, o ar condicionado reversível é também a solução mais económica para a maioria das habitações. Surpreendido? Segundo a DECO, com este sistema de climatização a poupança energética é garantida, o que o torna uma solução bem mais eficaz e económica que os restantes métodos, incluindo o aquecimento central.

Air conditioner system isolated on white background

No entanto, é importante assegurar-se que opta por um ar condicionado de tecnologia inverter, para garantir essa eficácia e economia. É que este modelo, devido às suas características específicas, evita paragens, arranques, variações de temperatura e consome muito menos energia que outros tipos de ar condicionado.

Por outro lado, o ar condicionado tem um senão: pode implicar custos avultados na aquisição e instalação – que, segundo a DECO, poderá rondar os 2.600 euros – para além de exigir uma manutenção anual. De qualquer forma, a longo prazo sai muito mais em conta do que um termoventilador, uma caldeira a gás natural ou uma salamandra e é bem mais silencioso, garante a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

Ler Mais

Se estiver a ponderar investir nesta forma de aquecimento e quiser potenciar a poupança ao máximo, aqui fica uma dica: mantenha os filtros do seu aparelho limpos. De outra maneira, é como estar a deitar dinheiro à rua, uma vez que um ar condicionado sujo está a fazer o dobro do esforço para lhe proporcionar o mesmo tipo de condições.

Lareiras só com recuperador

Em moradias, a lareira a lenha é um dos sistemas de aquecimento mais comuns. No entanto, se realmente quer sair a ganhar deve apostar na instalação de um recuperador de calor. Primeiro porque consegue rentabilizar a queima da madeira, e depois porque esta é uma boa forma de climatizar várias divisões da sua casa ou até mesmo a água, se instalar, por exemplo, circuitos de aquecimento central ou pavimento radiante.

Se a lareira for o seu sistema de aquecimento de eleição, aposte num recuperador com portas de vidro temperado: assim estará a aliar a poupança à segurança. 

Termoventiladores: o barato pode sair-lhe caro!

É certo que os termoventiladores têm um custo de aquisição baixo – os de parede podem rondar os 120 euros –, são fáceis de transportar, permitem aquecer várias divisões, são rápidos, alguns deles bastante silenciosos e a instalação e a manutenção saem-lhe a custo zero. No entanto, o gasto anual de energia, avança a DECO, pode ultrapassar o patamar dos mil euros porque são soluções que envolvem resistências elétricas.

Além disso, não são muito eficazes quando comparados com outras soluções de aquecimento. Para conseguir o mesmo nível de conforto de um ar condicionado, por exemplo, um termoventilador fará disparar o preço da sua fatura da luz. Assim, se é muito friorento ou se as divisões da sua casa são grandes e amplas, o barato pode sair-lhe caro.

Caldeira a gás natural Vs salamandra a pellets

roter Kaminofen mit PelletsAs caldeiras a gás natural e as salamandras a pellets (uma espécie de lenha em granulado) têm em comum o facto de poderem ser utilizadas não só para aquecer divisões, mas também, e em simultâneo, as águas sanitárias da sua cozinha ou casa de banho.

Contudo, diferem em muitos outros pontos. O aquecimento central a gás natural tem um sistema de instalação mais simples, um período de vida útil maior, mais autonomia, uma manutenção anual mais baixa e um sistema de combustão mais seguro, se o compararmos com as salamandras. Mas, por outro lado, o custo de aquisição e gasto anual de energia das caldeiras a gás é maior – a diferença pode ultrapassar os 200 euros, segundo a DECO. Assim, a salamandra pode ganhar pontos, se pensar que o custo do combustível que utiliza é bem mais baixo.

Como saber qual o sistema de aquecimento ideal para si?

Se está a pensar investir num sistema de aquecimento já este inverno mas não sabe qual o mais adequado para a sua casa e orçamento, a DECO pode dar uma ajuda. A associação disponibiliza um simulador muito útil que, com base nas características da sua casa, no número de divisões a climatizar e na região onde habita, lhe apresenta as melhores soluções para o seu caso.

Pode, inclusive, determinar um valor máximo de quanto pretende investir e indicar outras informações que poderão fazer toda a diferença: por exemplo, se a sua casa já tem pré-instalação para aquecimento central ou não.

Ler Menos